Entre os vários tipos de massagem, a massagem Ayurvédica tem ganho adeptos de várias idades. Mas sabe o que é e quais os seus benefícios? Vai poder saber, neste artigo, o que é e quais as vantagens da massagem Ayruvédica?

A ideologia Ayurveda surgiu na Índia, há cerca de 6 mil anos e baseia-se no “conhecimento da vida humana”. Esta conjuga a massagem, a alimentação, o Yoga, a Fitoterapia, etc.

Relativamente á técnica de massagem, esta pretende estimular a conjugação entre mente e corpo mas considerando sempre as especificidades biológicas de cada pessoa, ou seja, é uma técnica individualizada. Na aplicação desta massagem, são utilizados óleos vegetais e essências, através de deslizamentos e alongamentos (com as mão, cotovelos e pés), que estimulam a circulação e os músculos. Os óleos (aquecidos) são usados como lubrificantes da pele, tendo um efeito hidratante e dando elasticidade à mesma. A massagem inicia-se na coluna (base de sustentação do nosso corpo) e segue, depois, para o pescoços, os ombros, as pernas, a barriga, o peito e o rosto.

Uma das vantagens desta terapia é a estimulação do sistema linfático (ou seja, auxiliando na desintoxicação do organismo, desenvolvimento do sistema imunológico e do circulatório), tendo também efeito no equilíbrio da energia vital do paciente (“desbloqueando” as emoções).

É útil em problemas como ansiedade, depressão, fibromialgia, alergias, problemas de coluna, etc. Tem um efeito relaxante e ajuda a manter a energia. A nível estético, ao melhorar a circulação sanguínea e remover toxinas do corpo, vai ter efeitos benéficos.

A nível psicológico, esta terapia é, também, útil, uma vez que melhora a concentração, (por libertar as emoções) auxilia na produção de pensamentos.

Uma sessão demora cerca de 1 hora e 30 minutos mas varia de acordo com o que cada paciente necessita, ou seja, tem que haver uma avaliação prévia, antes da terapia, para perceber as necessidades do mesmo. São necessárias várias sessões (com um intervalo de cerca de 1 semana) mas os resultados só serão sentidos a partir, mais ou menos, da 7ª sessão.

Este tipo de massagem não é aconselhada a pessoas com febre, tosse, feridas na pele, com problemas cardíacos e deve ser praticada por um profissional com formação e conhecimento da terapia.

Para os mais novos, é também útil esta massagem mas, neste caso, é chamada de Shantala. Bebés a partir de 1 mês de vida podem usufruir desta massagem. Neste caso, acrescentam-se os benefícios de estreitar os laços afetivos entre pais e bebé e regular o sono.