Constantemente surgem novas técnicas aplicadas à epilação, tornando a escolha confusa para consumidor. Uma dessas técnicas é o Sugaring. Saiba, neste artigo, em que consiste o Sugaring, a nova técnica de epilação.

O Sugaring consiste numa forma de retirada do pelo, ou seja, de epilação que surgiu no Egito. Esta técnica utiliza uma pasta feita com açúcar, que é aplicada na pele e, depois, retirada, removendo também os pelos com a sua retirada.

Esta pasta de açúcar deve ser arrefecida antes de aplicada, através de uma camada fina, seguindo a direção do crescimento do pelo. Depois, pressiona-se uma tira de tecido na pasta de açúcar, sendo depois puxada.

Pode utilizar-se o Sugaring em várias zonas do corpo (pernas, buço, axilas, braços, etc.) exceto, no caso dos homens, na barba, por ter uma raiz diferente dos outros pelos.

A epilação feita com o Sugaring dura entre 4 e 6 semanas e, ao repetir esta técnica, como remove o pelo de raiz, tendencionalmente enfraquecerá o pelo. É importante referir que algumas pessoas sentem um ardor na pele e que esta pode ficar avermelhada durante algum tempo mas acabará por voltar ao normal. Mas pode usar produtos hidratantes para impedir que a pele fique irritada.

Os ingredientes usados no Sugaring são naturais e o próprio açúcar é um bom cicatrizante. Além disso, alguns produtos de Sugaring têm, também, ácido cítrico e gomaarábica, que contribuem para tornar a pele mais macia, facilitando a epilação.

Se quiser saber mais sobre esta ou outras técnicas de epilação, procure uma das nossas formações na área de estética, em www.dourocabe.pt