Provavelmente já ouviu falar na glass skin e, se segue as tendências de beleza e make up, já terá ouvido falar também na cloud skin – a técnica que prepara a pele como se esta fosse iluminada através de uma nuvem.

Desde então, somos testemunhas de mais uma técnica de make up que se foca na pele. A dolphin skin têm surgido nos feeds das editoras de beleza, das make-up artists e no geral, dos fãs do mundo da maquilhagem.

Esta técnica ganhou popularidade, pelo efeito natural e brilhante que concede à pele – a aplicação de produtos em creme, do início ao fim, culmina num look super glowy com um aspeto molhado, quase como se fosse a pele de um golfinho.

Uma das particularidades desta tendência é que, ao contrário do que estamos habituadas, o objetivo não é tapar as imperfeições, mas sim evidenciá-las. Sardas, sinais ou até cicatrizes passam a fazer parte do look de maquilhagem, pois o foco aqui é manter a naturalidade e a beleza que nos é inerente.