Agosto é, por excelência, o mês das férias. Os dias começam a ficar ligeiramente mais curtos, já levamos um casaco de malha na mala para o caso de arrefecer… e manter a cor que ganhámos nos dias de praia torna-se num dos nossos desafios a curto prazo.
Adicione um bom esfoliante corporal à sua rotina

Eliminar as células mortas da pele é essencial para conseguir uma cor uniforme e livre de manchas. Uma boa esfoliação é sinónimo de uma boa regeneração celular e de um bronzeado duradouro.

“Esfoliar a pele a cada duas semanas ajuda a eliminar as células mortas que se acumulam na camada córnea ou superficial e ainda suaviza a pele, garante-lhe luminosidade e prepara-a para a exposição solar,” sustenta Reme Navarro, farmacêutica e Business Strategy Director da Atida para o Sul da Europa.
Mantenha a sua pele hidratada (por dentro e por fora)

Uma boa hidratação é essencial para evitar que a pele “descasque”. Uma pele seca e descamada é a pior inimiga do bronzeado, e por isso é muito importante utilizarmos um creme hidratante e nutritivo.

Por outro lado, nesta altura do ano é essencial beber mais de dois litros de água por dia, uma vez que o exercício, o calor e a azáfama fazem com que percamos muita água.

“Se não estivermos resplandecentes por dentro, não o estaremos por fora,” sublinha Navarro.
Vitamina C: o aliado perfeito

Esta molécula é a arma ideal para um bronzeado radiante. Através da Vitamina C potenciamos a produção de colagénio – muito importante, pois garante firmeza, ajuda a evitar danos provocados pela radiação solar e ainda potencia o bronzeado e a sua duração.
Nunca prescindir de um bom after sun

Em gel, creme ou “mousse”… encontrar o after sun perfeito não é tarefa fácil. No entanto, este é um produto mesmo essencial para prolongar o bronzeado.

O mais importante a ter em conta no momento da escolha é que deve ter ingredientes antioxidantes, como as vitaminas A, C, D ou E, que ajudam a reparar as lesões da pele, e ainda componentes calmantes e que combatam a desidratação, como a calêndula ou o óleo de argão.
Aposte no autobronzeador

O autobronzeador surgiu em 1960 e veio para ficar. Hoje em dia, as opções são infinitas e conseguimos eleger aquele que se adequa mais às nossas necessidades e tom de pele.

São uma ótima opção para prolongar o bronzeado, uma vez que não necessitam de produção de melanina – baseiam-se no princípio DHA (Dihidroxiacetona), que reage com as proteínas da camada exterior da pele e origina melanoidinas, que dão uma cor semelhante à do bronzeado.